Evento com a prefeitura de Xiamen celebrou a assinatura de mais de US$ 1 bilhão em contratos no Brasil

Evento com a prefeitura de Xiamen celebrou a assinatura de mais de US$ 1 bilhão em contratos no Brasil

Na manhã desta quarta (10), uma comitiva da cidade de Xiamen realizou um evento para assinatura de contratos entre empresas brasileiras e oito empresas chinesas da cidade. Os projetos, sobretudo na área de manufatura inteligente, biotech e importação de produtos agrícolas, somam mais de um bilhão de dólares.

Além da celebração dos contratos, o evento apresentou a cidade de Xiamen e promoveu o Centro de Inovação de Parceria do BRICS para a Nova Revolução Industrial (CIP BRICS). Na ocasião, autoridades brasileiras chinesas, além de membros do corpo diplomático chinês, marcaram presença.

Realizado na Associação Comercial de São Paulo (ACSP) com o apoio do representante do setor de Comércio Internacional, Ricardo Cury, o encontro recebeu figuras ilustres, como a Cônsul Geral da China em São Paulo, Sra. Chen Peijie, o prefeito de Xiamen, Sr. Huang Wen Hui, o prefeito de Mauá, Marcelo de Oliveira, o CEO da LIDE China, José Ricardo Luz, e o presidente da Câmara de Comércio e Desenvolvimento Internacional Brasil-China (CCDIBC), Sr. Fabio Hu.

Cônsul Geral da China em São Paulo, Sra. Chen Peijie (Foto: Agência Brasil China / Victor Vivacqua)

O prefeito da cidade paulista de Mauá, Marcelo de Oliveira (PT), comentou sobre a retomada das agendas estratégicas entre Brasil e China pelo novo governo Lula e mencionou as parcerias na perspectiva da reindustrialização do Brasil, sob bases sustentáveis, como força para impulsionar a geração de emprego e renda.

Prefeito de Mauá, Marcelo de Oliveira (Foto: Agência Brasil China / Victor Vivacqua)

Prefeito de Xiamen, Sr. Huang Wen Hui (Foto: Agência Brasil China / Victor Vivacqua)

CEO da LIDE China, José Ricardo Luz (Foto: Agência Brasil China / Victor Vivacqua)

Presidente da Câmara de Comércio e Desenvolvimento Internacional Brasil-China (CCDIBC), Sr. Fabio Hu (Foto: Agência Brasil China / Victor Vivacqua)

Contratos assinados somam mais de um bilhão de dólares

Xiamen Jianfa Group, em cima da cooperação já existente em relação ao algodão brasileiro, expandirá ainda mais sua colaboração em produtos de várias categorias, como açúcar e café, com um valor de compra previsto de U$ 100 milhões.

Xiamen ITG Agricultural Products aprofundará ainda mais sua cooperação com as empresas contratantes no campo dos produtos agrícolas, e neste ano comprará 500 mil toneladas de soja e grãos do Brasil, entre outros produtos agrícolas equivalentes a cerca de U$ 200 milhões.

Xiamen Xiangyu e seus parceiros vão colaborar para alcançar U$ 100 milhões em vendas de aço este ano, aproveitando as vantagens de seus próprios recursos e canais no setor para que os produtos de aço chineses adquiram reconhecimento global.

TPV Technology Co. Ltd. e sua maior base de produção na América Latina, Manaus, estabeleceram uma cooperação de produção de televisores LCD este ano, trazendo um valor de produção anual de cerca de U$ 400 milhões para a fábrica de Manaus e, ao mesmo tempo, impulsionando o valor de exportação de Xiamen.

Xiamen Wanji Biotechnology Co. Ltd. trabalhará com as empresas parceiras para promover vários projetos de serviços de teste genético no Brasil, e é esperado que a receita total do projeto de cooperação alcance mais de U$ 50 milhões em três anos.

Em termos de armazenamento de energia, a Xiamen Kehua Digital Energy Tech Co. Ltd. fornecerá produtos de conversão de energia e soluções de sistemas de armazenamento de energia para as empresas contratantes este ano e planeja completar a colaboração em produtos de armazenamento de energia de 100 MW/200 MWh em 2023, fornecendo serviços de garantia de energia para mais de mil clientes empresariais e comerciais no Brasil, incluindo supermercados, fábricas e fazendas.

Xiamen Golden Dragon Bus Co. Ltd. planeja vender 1.000 novos ônibus de energia limpa no Brasil, no valor de U$ 150 milhões, entre 2023 e 2028, promovendo mais carros feitos em Xiamen no mercado brasileiro.

Luckin Coffee assinou um pedido de compra de 11.000 toneladas de café verde, no valor de U$ 40 milhões.

Xiamen, a “Cidade dos BRICS”

A assinatura de oito projetos de alto nível demonstra as boas relações comerciais entre Xiamen e o Brasil. O sucesso da IX Cúpula do BRICS em Xiamen, em 2017, e o lançamento do CIP BRICS em Xiamen, em 2020, abriram novas oportunidades para a cooperação comercial entre a cidade e os países do BRICS.

Nos dois anos desde a construção do CIP BRICS, o centro se concentrou na coordenação de políticas, treinamento de talentos, desenvolvimento de projetos e promoveu a cooperação prática dos países que compõe o BRICS. Em 2022, o volume total de importação e exportação entre Xiamen e os países do BRICS atingiu U$ 13,6 bilhões, um aumento de 29,9%, com um volume de comércio de U$ 3,99 bilhões com o Brasil, o que representa a maior proporção.

Fonte Agência Brasil China 

Por Ultima Hora em 10/05/2023
Aguarde..