Furto de Veículo com Material Radioativo em São Paulo Alerta Autoridades

Comissão Nacional de Energia Nuclear orienta população sobre riscos e procedimentos em caso de localização

Furto de Veículo com Material Radioativo em São Paulo Alerta Autoridades

Veículo com Material Radioativo é Furtado em São Paulo, Alerta CNEN 

Um veículo contendo embalagens de material radioativo foi furtado no último domingo (30) na cidade de São Paulo, conforme alertou a Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN)A Polícia Civil investiga o caso, registrado inicialmente como furto de veículo no 49º Distrito Policial (DP), São Mateus, na Zona Leste da capital. Até o momento, a picape e o material furtado não foram localizados, e nenhum suspeito foi identificado ou detido. 

Posicionamento da CNEN 

A CNEN, órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, divulgou uma nota em seu site oficial nesta quinta-feira (4), orientando a população sobre os riscos à saúde que podem ocorrer caso os produtos sejam manipulados inadequadamente: 

"Esclarecemos que o material radioativo furtado com o veículo está acondicionado em embalagens de chumbo que o blindam e evitam qualquer irradiação para o ambiente. No entanto, a manipulação inadequada pode vir a causar danos à saúde", informou aComissão Nacional de Energia Nuclear. 

"Por esse motivo, alertamos a população para, caso encontre o material radioativo, mantenha distância segura e contacte imediatamente a CNEN pelos telefones (21) 98368-0734 ou (21) 98368-0763 e também a Polícia", continua o comunicado do órgão. 

"No momento em que foram furtados, o veículo e o material radioativo encontravam-se sinalizados com o símbolo internacional de radiação ionizante", concluiu a nota da CNEN. 

Detalhes do Material Furtado 

Segundo a CNEN, foram furtadas cinco embalagens contendo material radioativo. Esse número também consta no boletim de ocorrência do caso. O material furtado incluía um gerador de 68Ge/68Ga e quatro unidades de blindagens de geradores de 99Mo/99mTc exauridos. 

De acordo com a CNEN, "Segundo o Código de Conduta em Segurança de Fontes Radioativas da Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA), essa fonte, por sua baixa atividade, se enquadra na categoria 4, representando risco radiológico muito baixo para a população e o meio ambiente." 

O gálio, presente nas peças roubadas, é um metal utilizado na medicina nuclear, que trabalha com materiais radioativos para a realização de exames. 

Ação da CNEN e Investigação 

Desde o furto, o corpo técnico da CNEN está levantando informações sobre a fonte roubada e já apurou que o cadastro da empresa transportadora está regular junto ao órgão regulador, estando autorizada a realizar operações de transporte de materiais radioativos. 

"Ao mesmo tempo, preparou-se uma divulgação para a imprensa informando a população sobre o furto e que, apesar da baixa atividade da fonte e de não se esperar efeitos determinísticos imediatos, a manipulação inadequada e de forma constante ainda pode vir a causar danos à saúde do manipulante", informou a CNEN. 

Posicionamento da Empresa de Transporte 

A empresa Medical Armazenagem Logística e Distribuição Ltda, proprietária do veículo furtado, confirmou à reportagem que enviou para a CNEN as fotos dos produtos furtados. Em nota, a empresa, que tem dez anos no mercado de transporte de materiais radioativos, informou: 

"A MEDICAL é uma empresa regulamentada pela CNEN e ANVISA e o material que transportamos é de cunho oncológico para diagnóstico e tratamento do câncer. Ao ano, transportamos mais de 5.000 radiofármacos para todo o país, com segurança e rastreabilidade." 

Jozino Garcia, um dos sócios-proprietários da Medicalafirmou: "A situação está sendo acompanhada pela CNEN, pela Polícia Federal e pela Polícia Civil e Militar, que estão empenhados em localizar esses produtos. Dentro da embalagem, não há risco. Se tirado de dentro da embalagem, eventualmente há algum risco.

Heber Simões Videira, outro sócio da Medical, mencionou que houve falha do motorista: "Isso é uma falha operacional." 

Ação da Polícia 

A Secretaria da Segurança Pública (SSP)informou que a Polícia Civil está tentando localizar o paradeiro dos produtos radioativos furtados e busca prender os responsáveis pelo furto. "O carro, pertencente a uma empresa de equipamentos médicos, armazenava uma carga de materiais radioativos que foram coletados no Rio de Janeiro e seriam entregues no Paraná e em Santa Catarina. Diligências estão em andamento para recuperar o material e o veículo furtados e identificar o autor do crime", informou a SSP. 

De acordo com o boletim de ocorrência, o motorista da picape alegou que estacionou o veículo na noite de sábado (29) em frente à sua residência, na Rua Félix Bernadelli, no Jardim Bandeirante, na Zona Leste de São Paulo. Na manhã de domingo, ele notou que o veículo não estava mais no local onde havia estacionado. 

A CNEN informou que o motorista foi imprudente ao estacionar a picape com o material radioativo em um local inadequado. "Consta que, por imprudência do motorista, que decidiu levar o automóvel para local diverso do pátio seguro onde o veículo deveria ficar abrigado durante a noite, o veículo foi furtado", comunicou a CNEN.

 

Por Ultima Hora em 07/07/2024
Aguarde..