PM do Bope morre em operação na Maré; três vias expressas são interditadas

Ônibus é incendiado na Avenida Brasil. Foto: Reprodução / Redes sociais

PM do Bope morre em operação na Maré; três vias expressas são interditadas

Avenida Brasil, Linha Vermelha e Linha Amarela foram fechadas por bandidos, em represália à ação da PM. Ônibus foi incendiado na altura da Fiocruz

Um policial militar do Batalhão de Operações Especiais (Bope) morreu e outro ficou ferido em operação na manhã desta terça-feira (11) no Complexo da Maré, na Zona Norte Rio. Além do policial, identificado como Jorge Galdino Cruz, pelo menos três criminosos morreram. O policial Rafael Dias está no Hospital de Bonsucesso, onde é operado. Dezenas de carros foram apreendidos e duas pessoas foram presas.

Como represália, traficantes incendiaram um ônibus na pista auxiliar da Avenida Brasil, na altura da Fiocruz. As linhas Vermelha e Amarela também chegaram a ser interditada na região da Maré por conta do intenso tiroteio.

O objetivo da ação é combater uma quadrilha especializada em roubo de veículos e prender criminosos que estão escondidos no interior da comunidade. Nas redes sociais, moradores relatam intenso tiroteio em vários pontos do complexo.

Em uma localidade, os agentes encontraram um esconderijo de drogas para a realização de endolação dos entorpecentes.

Veículo apreendido. Foto: Reprodução / PM

Na região, 41 escolas fecharam e três unidades de saúde não funcionam por conta da ação policial, informou a Secretaria municipal de Educação.

No fim da tarde desta terça-feira, a Polícia Militar publicou uma nota de luto, lamentando a morte do Sargento J. Cruz.

“Lamentamos profundamente a morte do Sargento J. Cruz, lotado no Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), ocorrida durante uma ação do Comando de Operações Especiais (COE) na manhã desta terça-feira (11/06) em comunidades do Complexo da Maré, na Zona Norte da capital.

Na ação, planejada para localizar e prender criminosos envolvidos em roubos nas vias expressas na região do Complexo da Maré, policiais do BOPE realizavam patrulhamento em busca do esconderijo das lideranças do grupo criminoso, quando foram atacados por homens armados.

O sargento J. Cruz e outro policial foram feridos e socorridos para o Hospital Federal de Bonsucesso. O sargento não resistiu aos ferimentos e morreu logo após ter dado entrada na unidade. Já o segundo policial ferido foi submetido a uma cirurgia e tem quadro de saúde estável.

O Sargento J. Cruz tinha 32 anos e ingressou na Polícia Militar em 2011. Ele deixa esposa e três filhos. Até o momento, não há confirmação do horário e local do sepultamento do militar.

Com informações Tupi Fm

 

Por Ultima Hora em 11/06/2024
Aguarde..