Suspeito de monitorar advogado morto no Centro do Rio se entrega à polícia

Eduardo Sobreira Moraes é o terceiro preso pela Polícia Civil do RJ como participante do assassinato do advogado Rodrigo Crespo, em 26 de fevereiro

Suspeito de monitorar advogado morto no Centro do Rio se entrega à polícia

Eduardo Sobreira Moraes (Foto: Reprodução)

Eduardo Sobreira Moraes, de 47 anos, se entregou na tarde desta terça-feira (5) à Delegacia de Homicídios da Capital, localizada na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro.

As autoridades policiais apontam Eduardo como o responsável por monitorar os passos do advogado Rodrigo Marinho Crespo, de 42 anos, antes deste ser assassinado em 26 de fevereiro. O suspeito está prestando depoimento atualmente na Delegacia de Homicídios da Capital. Com a apresentação de Eduardo à polícia, agora são três os indivíduos detidos, todos considerados participantes no homicídio de Rodrigo Marinho Crespo: o policial militar Leandro Machado da Silva e Cezar Daniel Mondego de Souza.

O policial militar Leandro Machado da Silva, que estava sendo procurado desde segunda-feira (4) pela morte do advogado, se entregou às autoridades nesta terça-feira (5). Antes disso, os agentes da Delegacia de Homicídios da Capital já haviam detido Cezar Daniel Mondego de Souza, o terceiro suspeito identificado no caso.

As investigações continuam para identificar outros envolvidos e esclarecer a motivação do crime.

Por Ultima Hora em 05/03/2024
Aguarde..