Com 456 blocos, Riotur apresenta o maior esquema operacional já realizado para o Carnaval de Rua 2023

Este ano 8 megablocos farão a festa no Centro do Rio: a cantora Lexa é a grande novidade da festa

Com 456 blocos, Riotur apresenta o maior esquema operacional já realizado para o Carnaval de Rua  2023

Foi dada a largada  para o desfile dos Blocos no Carnaval de 2023 no Rio. Quem quiser curtir a folia nas ruas da cidade este ano vai encontrar o maior esquema operacional já produzido até hoje para a grande festa. Em coletiva realizada esta manhã no terraço do Museu de Arte do Rio, na Praça Mauá, a Riotur apresentou, junto com a Dream Factory, empresa responsável pela produção do Carnaval, e os órgãos públicos envolvidos, detalhes sobre a estrutura da folia, que terá um recorde de megablocos: serão oito, ao todo.

"A Prefeitura resolveu este ano criar um circuito de megablocos para concentrar os desfiles maiores e diminuir os transtornos à população. Dessa forma, o controle da segurança, por parte da Polícia Militar, fica mais efetivo e o raio de revista será ampliado para impedir a ação de criminosos", destaca Ronnie Costa, Presidente da Riotur.

O público estimado de foliões nas ruas da cidade para este ano é de cinco milhões de pessoas. A previsão inicial é de que  sejam realizados 456 desfiles, mas este número pode mudar, porque depende das autorizações de órgãos públicos e da confirmação dos próprios blocos inscritos. Este ano 613 blocos pediram autorização para desfilar. Em 2020, 754 pediram autorização e 427 desfilaram.

Entre os ajustes realizados pela prefeitura este ano na logística da festa estão a redução dos desfiles da Zona Sul, que foram remanejados para outros pontos da cidade, resultando num número menor do que em 2020. Naquele ano, foram 110, e agora serão 94 desfiles pela região.

Além disso, a Riotur lança, na próxima terça-feira, dia 24, em todas as plataformas digitais, um aplicativo desenvolvido para facilitar a vida do folião carioca e dos turistas que vierem curtir o carnaval. A  ferramenta ajuda o folião a localizar os blocos:

"O aplicativo disponibilizará a localização dos blocos com total acessibilidade e um filtro por regiões e datas. Estará disponível em três línguas e com geolocalização, ou seja, os blocos estarão separados por bairros e com trajetos detalhados. O usuário vai encontrar ainda textos sobre a história de cada bloco no aplicativo", afirma Andrea Feio, vice-presidente da Riotur.

A partir desta sexta-feira, dia 20, data do início oficial dos desfiles, a Prefeitura vai disponibilizar 220 ambulâncias e oito postos médicos que serão operados pela Secretaria Municipal de Saúde. O objetivo é não inflar o sistema público com atendimentos médicos de baixa complexidade. O folião vai contar com 34 mil banheiros químicos posicionados por onde passarão os blocos, sendo 10% para pessoas com deficiência (PCDs).

Dez mil vendedores autônomos serão cadastrados, identificados com colete e receberão treinamento da Riotur para atuar nos blocos. E para ajudar na limpeza da cidade, a Comlurb vai disponibilizar a maior estrutura já utilizada pela companhia durante o carnaval, com 2550 garis, carros-pipa, equipamentos de higienização de urina, varredeiras de grande, pequeno e médio porte e mil contentores de 240 litros.

"Pretendemos ter um carnaval muito mais limpo e sustentável. Sabemos que sempre há aqueles insistentes na irregularidade, mas isso não será tolerado. Então, a Comlurb junto com a Guarda Municipal atuará de forma muito rigorosa neste sentido, para poder coibir, fiscalizar e multar esses mal-educados", afirma Flávio Lopes,  presidente da Comlurb.

O projeto de gestão de resíduos sólidos, que acontece em parceria com diversas cooperativas de catadores do Rio e do Grande Rio, tem o objetivo de reduzir o impacto ambiental e visual causado pelo descarte incorreto de resíduos nas ruas. Através do projeto, a limpeza urbana durante o período de Carnaval é agilizada, e centenas de  famílias ligadas a cooperativas de catadores ganham renda extra. 

Prática comum durante o Carnaval, o hábito de urinar nas ruas será severamente punido este ano. O presidente da Comlurb acrescentou que além de receber uma multa de R$ 250, quem for flagrado urinando na rua poderá ser conduzido a uma unidade policial por atentado explícito ao pudor:

"O grande objetivo é mantermos a cidade limpa durante os desfiles. Este é um trabalho que a Comlurb desenvolve através do Disque Zero, que conta com o apoio e a capilaridade dos agentes da Guarda Municipal. Oferecemos toda a infraestrutura dos banheiros, mas sempre há aqueles insistentes na irregularidade. Não vamos tolerar! A Comlurb,  junto com a Guarda Municipal, atuará de forma muito rigorosa neste sentido para poder coibir, fiscalizar e multar esses mal-educados", acrescentou Lopes.

Responsável, desde 2010, pela infraestrutura e pela produção do Carnaval de Rua do Rio, a Dream Factory assume a instalação  de banheiros químicos,  torres de monitoramento, o suporte ao trânsito (agentes de trânsito e painéis de sinalização), organiza a venda de bebidas (credenciamento dos vendedores autônomos, com fornecimento de isopores, coletes e credenciais),  o recolhimento de lixo reciclável, a proteção dos canteiros e monumentos, e a estrutura de ambulâncias, entre outros itens, sempre de acordo com a solicitação, planejamento da Riotur e órgãos municipais.

Serão instalados por toda a cidade painéis de LED para orientação do trânsito; 15 pontos de venda de bebidas e similares; 30 postos de abastecimento móveis para os vendedores autônomos; 480 metros lineares de grades para operação de cercamento do Túnel Marcelo Alencar; 12 veículos tipo pick-ups darão apoio da operação dos órgãos da Prefeitura, contribuindo na coordenação e fiscalização do Carnaval de Rua;  200 contêineres de 240 litros com 75 mil sacos plásticos de lixo de 150 litros; e 300 grades para operação da CET-Rio. 

"O time da CET-Rio está somado ao dos outros órgãos. Estamos trabalhando de forma alinhada para os ajustes finais e estamos prontos para a execução da operação de carnaval, que logo, logo começa", afirma Gustavo Oliveira, presidente da CET-Rio.

Seguindo o cronograma estabelecido em conjunto com a Riotur, a Dream Factory começou a instalar na quarta-feira (18) as cercas de proteção de jardins, monumentos e canteiros de vegetação em praças e locais que estejam no trajeto dos blocos autorizados pela Prefeitura. Ao todo, serão utilizados 20 mil metros lineares de cercas e a expectativa é que até o dia 07 de fevereiro todos os pontos determinados estejam prontos.

Entre os canteiros protegidos estão os das orlas da Barra, Recreio, Ipanema e Leblon. Além disso, outros pontos de maior concentração de público, como a Avenida Presidente Antônio Carlos, no Centro, a Praça Santos Dumont, no Jardim Botânico, e o Aterro do Flamengo também receberão proteções. Já entre os monumentos, 26 terão cercamento, dentre eles, o monumento de Tiradentes, Obelisco, Paço Imperial, Palácio Tiradentes, Chafariz Marechal Âncora, Centro Cultural da Justiça Eleitoral, Chafariz da Praça São Salvador, Monumento a Noel Rosa, Praça Barão de Drummond, entre outros.  

Nesta sexta-feira (20), a Dream Factory começa a liberar os kits para os vendedores autônomos sorteados para trabalhar no Carnaval de Rua 2023. Nesta última etapa do credenciamento, os sorteados devem apresentar RG e CPF, além de comprovante de residência no município do Rio em seu nome para a finalização do cadastro e retirada dos materiais. A ação acontece na Rua Conde de Leopoldina 644, até o dia 29, com horário de funcionamento das 8h às 18h. No total, 10 mil trabalhadores foram licenciados para a festa.

Os kits são compostos por isopor com capacidade para 44 litros, credencial com foto, cordão e colete. Os sorteados passarão por palestras obrigatórias sobre noções de posturas municipais, legislação básica, forma de atuação da fiscalização e sobre as vedações e obrigações dos promotores de vendas. A Dream Factory espera receber 1.540 pessoas por dia no período de retirada.

Os ambulantes credenciados para trabalhar no Carnaval de Rua do Rio vão poder atuar no período entre 21 de janeiro e 26 de fevereiro, exclusivamente durante os desfiles dos Blocos de Rua permitidos pela Riotur.  

A lista dos desfiles está disponível no site oficial do carnaval: http://carnaval.rio  fonte; Assessoria de Comunicação/Riotur

Da Editoria Última Hora / Robson Talber

 

 

Por Ultima Hora em 21/01/2023
Aguarde..