TRAGÉDIA NO IRÃ: Presidente Ebrahim Raisi morre em acidente de helicóptero

IRÃ DE LUTO: Queda de helicóptero tira a vida de Ebrahim Raisi e outras 8 pessoas

TRAGÉDIA NO IRÃ: Presidente Ebrahim Raisi morre em acidente de helicóptero

IRÃ PERDE LÍDER: Ebrahim Raisi, presidente ultraconservador, morre aos 63 anos em acidente aéreo

Ebrahim Raisi tinha 63 anos - (crédito: Iranian Presidency / AFP)

O helicóptero em que estava o presidente desapareceu na tarde do domingo (19/5), enquanto sobrevoava uma região montanhosa do Irã

Ebrahim Raisi, presidente do Irã, morreu em um acidente de helicóptero que ocorreu no nordeste do país. A informação foi confirmada pelo governo iraniano nesta segunda-feira (20/5). Além de Raisi, o ministro das Relações Exteriores, Hossein Amir-Abdollahian, também morreu no acidente.

O helicóptero em que estava o presidente desapareceu na tarde do domingo (19/5), enquanto sobrevoava uma região montanhosa do Irã. A aeronave enfrentou chuva e neblina intensa no momento do desaparecimento. Horas depois, as equipes de resgate encontraram destroços do helicóptero.

Também estavam no voo o governador da província do Azerbaijão Oriental, o principal imã da região, o chefe de segurança do presidente e três integrantes da tripulação. Todos morreram. Os corpos dos passageiros foram encontrados nesta segunda-feira (20/5).

“Estamos transportando os corpos dos mártires para Tabriz”, uma grande cidade do noroeste do país, anunciou o Crescente Vermelho, de acordo com a AFP.

Esta captura retirada de um vídeo divulgado pelo Cescent Vermelho Iraniano em 20 de maio de 2024 mostra equipes de resgate recuperando corpos no local da queda do helicóptero do presidente Ebrahim Raisi, em uma área montanhosa envolta em neblina no noroeste do Irã

Esta captura retirada de um vídeo divulgado pelo Cescent Vermelho Iraniano em 20 de maio de 2024 mostra equipes de resgate recuperando corpos no local da queda do helicóptero do presidente Ebrahim Raisi, em uma área montanhosa envolta em neblina no noroeste do Irã

Ultraconservador, Raisi, de 63 anos, presidia a República Islâmica desde 2021, após ser eleito em 18 de junho daquele ano, no primeiro turno de uma eleição com recorde de abstenção e de oposição. Antes de entrar na política, o homem passou a maior parte da carreira no sistema judicial. Foi procurador-geral de Teerã e procurador-geral do país.

Em um último discurso antes do acidente, Raisi reforçou o apoio ao Hamas e a posição contra Israel. “Consideramos que a Palestina é a primeira questão do mundo muçulmano”, declarou.

 

 

 

Por Ultima Hora em 20/05/2024
Aguarde..